MSOA CentroDial é uma Unidade de Diálise Privada empenhada em proporcionar cuidados e serviços de Diálise com a máxima qualidade às pessoas que sofrem de Insuficiência Renal Crónica (IRC).

Sabemos que um bom cuidado ao longo da diálise proporciona uma vida mais longa e plena de sentido. Por isso, pensámos que:

  • É preciso oferecer óptimos serviços de tratamento e apoio.
  • Os utente e família precisam de compreender o tratamento e fazer parte dele.
  • Os utentes beneficiam com a máxima independência e autonomia no tratmento.

Se chegou à Unidade, o seu médico provavelmente já lhe explicou o seu diagnóstico e já deve ter alguma ideia sobre o tratamento que tem de empreender.

Agora o importante é aprender tudo sobre a sua doença, o seu tratamento e a sua adaptação. O tratamento pode permitir-lhe manter a sua saúde e, com algumas alterações, viver tanto quanto viveria antes de ficar com insuficiencia renal.

Saber que sofre de insuficiência renal pode ser algo de assustador e confuso. Terá muitas dúvidas sobre aquilo que lhe vai acontecer, como se vai sentir, e como será a sua vida. A Unidade possui brochuras, folhteos e acima de tudo pessoal disponível para lhe fornecer informações sobre a sua doença e tratamento, assim como responder a muitas das suas perguntas. Também lhe fala sobre a CentroDial, o programa de diálise em casa, e os seus serviços de apoio. Inclui um glossário para o ajudar a conhecer as palavras que não conhece.

A insuficiência renal é um problema de saúde para muitas pessoas, por isso não está sózinho. O número de pessoas em diálise em Portugal aumentou bastante nos últimos anos, estando actualmente próximo das 10000 pessoas.

Lembre-se, é seu direito e responsabilidade compreender a sua doença e o seu tratamento. Aconselhamo-lho a ler toda a informação disponivel na Unidade e a utilizá-la como uma referência daqui em diante.

Se tiver questões a colocar, solicitamos que consulte os membros da nossa equipe.

 

“Um ser humano deveria ser capaz de mudar uma fralda, planear uma invasão, matar um porco, comandar um navio, projectar um edifício, escrever um soneto, fazer uma contabilidade, construir uma parede, engessar uma fractura, confortar os moribundos, obedecer a ordens, dar ordens, cooperar, agir sozinho, resolver equações, analisar um problema novo, apanhar estrume, programar um computador, cozinhar uma boa refeição, lutar de uma forma eficiente, morrer de uma forma galante. A especialização é para os insectos.” – R. A. Heinlein